Dicas da Salu

 

Publicado em 25/07/2012  - 18:15 hs.  

 

 

Em julho, período de férias escolares, aumenta o número de crianças viajando sem os pais. É fácil reconhecer os pequenos turistas desacompanhados: estão sempre com a credencial da companhia aérea bem visível, pendurada no pescoço – recheada de documentos. Quando acompanhadas de adultos que não os pais, também é preciso apresentar autorizações específicas. Confira a papelada exigida para menores que viajam sem os pais e previna imprevistos no embarque.

>Para quem vai viajar desacompanhado

 

Quem tem 12 anos ou mais pode viajar de avião por todo o território brasileiro, mesmo sem um adulto acompanhante. Basta apresentar original de RG, passaporte ou carteira de trabalho (para maiores de 14 anos) no check-in. Crianças entre 5 e 11 anos precisam de autorização judicial, obtida em Varas da Infância e Juventude mediante assinatura de um dos pais. Há postos em alguns aeroportos, como o de Confins, em Belo Horizonte. No momento do check-in, as crianças precisam estar acompanhadas de um dos pais ou do responsável legal. E tanto o passageiro-mirim quanto o adulto devem apresentar documento de identificação. No caso da criança, valem o RG, a certidão de nascimento ou o passaporte (desde que acompanhado da certidão de nascimento). A companhia aérea fornece os formulários para identificar a criança, os responsáveis, o voo e a pessoa que receberá o menor no destino final. Daí até o desembarque, a criança fica aos cuidados dos funcionários da companhia aérea, que a acompanham o tempo todo. Atenção: as companhias aéreas cobram pelo serviço de supervisão de menores desacompanhados – a taxa é obrigatória para crianças entre 5 e 12 anos incompletos, e opcional para adolescentes até 18 anos. Na TAM e na Azul, o valor é de R$ 100 por trecho. Na Gol, R$ 90. Via de regra, as companhias aéreas não transportam crianças menores de 5 anos desacompanhadas.

 

>Para quem vai viajar com parentes próximos (avós, tios e irmãos maiores de 18 anos)

 

No check-in, crianças de até 12 anos e o acompanhante precisam apresentar um documento de identificação que comprove o parentesco – normalmente, a certidão de nascimento já resolve. Não é necessária autorização judicial ou feita em cartório. Para o adulto, vale lembrar que só é possível embarcar com documento de identificação com foto.

 

 

 

 

 

 

>Para viajar quem vai viajar com um adulto sem grau de parentesco

 

Para viajar com os pais de um amigo, por exemplo, crianças de menos de 12 anos precisam de autorização por escrito, com a assinatura de um dos pais ou responsável legal, com firma reconhecida em cartório. O nome e o número do documento de identificação do acompanhante devem constar na autorização.

 

Consulte-nos!!!

Comente aqui
O seu endereço de e-mail não será exibido no comentário
Campos obrigatórios estão indicados com ( * )
Ainda restam caracteres.
Seu comentário está aguardando aprovação.
Obrigado pelo seu comentário!
contato@passaporteviagens.com.br

Tv. Antonieta Rissi Souza Lima, 69 - loja 25
Centro, Ubá - MG, 36500-100

Av. Itamar Franco, 1934 - São Mateus
Juiz de Fora - MG, 36016-321

Social
Nossas Ofertas
Cadastre-se e receba as últimas novidades e promoções