Encontre seu destino:
32 3531-1428
Notícias

Notícias

Data da Postagem: 25/11/2014 18h47

Gol terá voos para Juiz de Fora

Gol terá voos para Juiz de Fora

 
A Gol Linhas Aéreas solicitou hoje à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) a operação
de voos entre Belo Horizonte (Confins) e Juiz de Fora (Zona da Mata).
A companhia terá seis voos semanais na rota que será operada com os Boeing
737-700 configurados com 138 assentos.
O pedido ainda depende de aprovação da agência. Confira os horários.


Boeing 737-700 Gol Linhas Aéreas PR-GEC

depois de Altamira e Carajás, no Pará, a companhia lança a terceira base regional em 2014

A partir de 23/03/2015

G3 2103 IZA 0650 CNF 0740 0811 CGH 0940 73G Exceto Domingos
G3 2102 CGH 2035 CNF 2203 2237 IZA 2320 73G Exceto Sábados

 

Os passageiros do recém-licitado Aeroporto Presidente Itamar Franco poderão contar, a partir de março do próximo ano, com a desejada opção de voo para Belo Horizonte (Aeroporto Internacional de Confins/Tancredo Neves) e São Paulo capital (Aeroporto de Congonhas). A Gol Linhas Aéreas solicitou ontem à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a operação da rota entre Itamar Franco e Congonhas, com opção de voo também para Confins, além do trajeto inverso.

A informação do pedido, divulgada pelo Aeroporto Internacional de Confins, foi confirmada ontem pela assessoria da companhia aérea, que, no entanto, não divulgou detalhes. A meta da Gol seria iniciar a oferta de voos a partir do dia 23 de março de 2015. Apesar do interesse da empresa, o início das operações depende de aval do órgão regulador.

A expectativa é que a companhia ofereça seis voos semanais na rota que será operada com o Boeing 737-700, com 138 assentos. Durante todos os dias da semana (exceto domingo), o passageiro teria a opção de partir do Itamar Franco às 6h50, chegando em Belo Horizonte às 7h40. A partida da capital mineira aconteceria às 8h11 com chegada em São Paulo prevista para as 9h40. Também durante a semana (exceto aos sábados), o passageiro que saísse de Congonhas às 20h35 poderia chegar em Confins às 22h03. Partindo de Belo Horizonte às 22h37 chegaria no Itamar Franco às 23h20.

A formalização do interesse aconteceu no mesmo dia em que o Governo mineiro anunciou o Consórcio Aeroporto Zona da Mata, formado pelas empresas Socicam e Universal Armazéns Gerais Alfandegados, como o responsável pela administração do aeroporto pelos próximos 30 anos. O resultado do processo licitatório foi homologado sexta-feira, por meio de publicação no Diário Oficial da União. O grupo apresentou a melhor proposta econômica, oferecendo desconto de 32% na contraprestação anual do Estado, que terá valor aproximado de R$ 4,4 milhões por ano na vigência do contrato.

A expectativa da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) é que o consórcio assine o contrato dentro de um mês e, a partir de então, assuma as funções no terminal. Segundo a Setop, o consórcio será responsável por unir todos os esforços “para atração de novos voos, novos empreendimentos e receitas que potencializem a viabilidade econômica do aeroporto”. Nos primeiros três anos de contrato, estão previstas a elaboração de projetos de engenharia e a aquisição de equipamentos.

O resultado da Parceria Público-Privada (PPP) de concessão patrocinada do Aeroporto Presidente Itamar Franco acontece após anos de espera pela licitação e a suspensão do processo uma vez, em outubro deste ano. O modelo de PPP foi elaborado, segundo a Setop, com a proposta de garantir o desenvolvimento conjunto do transporte de passageiros e de cargas, permitindo flexibilidade à concessionária.

Desde o início das operações, em agosto de 2011, o aeroporto é operado exclusivamente pela Azul Linhas Aéreas, que hoje oferece voos diretos apenas para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. Os voos para Confins foram suspensos no dia 14 de setembro. Pelas contas da Setop, a ocupação média girava em torno de 85% dos assentos quando também havia opção para a capital mineira, o que representaria cerca de 60 mil passageiros por ano.

Em março deste ano, a Azul retomou as atividades no terminal, que chegou a ficar mais de nove meses sem operações comerciais. Isso porque a empresa decidiu transferir as operações do Itamar Franco para o Aeroporto Francisco Álvares de Assis, em Juiz de Fora. Após fazer o caminho inverso, agora é o Serrinha que permanece sem voos comerciais desde abril.



 

DV9 Soluções Digitais

DV9 Soluções Digitais

32 3531-1428contato@passaporteviagens.com.br
Rua Antonieta Risi Soares Souza Lima, 69 - Lj. 25
Centro • Ubá - MG • 36500-000
© 2014 - Passaporte Viagens
Siga-nos no Twitter Conheça nosso Facebook